Revisão Veicular JS Pneus

Image 01

Seja férias, feriado ou feriadão… está na hora de tirar o carro da garagem e viajar! Mas, antes de tudo, devemos ficar sempre atentos à segurança do nosso veículo. A melhor maneira de fazer isso é realizando uma boa revisão nele. Veja mais sobre quais são os tipos de manutenções que devem ser feitas, e faça uma boa viagem segura e tranquila

Troca de fluido de freio – É muito importante ficar atento a troca do fluido de freio – por mais que poucas pessoas no Brasil se deem conta sobre essa necessidade. O fluido é responsável por transmitir a força do pedal até as rodas, e uma das suas principais características é absorver a umidade do ambiente. A troca é necessária pois o excesso de água pode prejudicar o sistema geral de frenagem, impedindo seu bom funcionamento e comprometendo a segurança do seu carro.

Alinhamento dos pneus – Por serem os únicos itens do carro a tocarem no solo, os pneus devem sempre ser alinhados, para que o contato seja uniforme e garanta condições adequadas de dirigibilidade. Se os pneus começam a “cantar”, ou se perceber que o veículo está puxando muito para um lado… saiba que esses podem ser sinais para realização do alinhamento.

Balanceamento – Tão importante quanto o alinhamento, o balanceamento do carro é importante para manter equilibrados os conjuntos de rodas e pneus, garantindo assim a estabilidade do veículo. Quando começar a sentir vibrações frequentes no carro, é o momento de balancear os pneus. Além de manter a segurança, o balanceamento prolonga a vida útil dos pneus e itens de suspensão.

 

Image 01

Faça a revisão veicular e fuja das panes e problemas desnecessários.

Troca de óleo e filtro de óleo – A troca de óleo deve ser feita periodicamente. Após algum tempo de uso, ele pode ficar sujo e com partículas que interferem na capacidade de lubrificação, o que pode causar danos ao automóvel. Quanto ao filtro de óleo – responsável pela retenção de impurezas – precisa ser trocado para evitar que o acúmulo de sujeiras prejudique a passagem do óleo, o que causaria danos ao motor.

Verificação de estepe – É importante, além dos pneus que estão sendo usados, constatar se o estepe está devidamente calibrado, sem furos ou se não está gasto. Em uma eventual necessidade, seu pneu reserva deve estar em condições suficientes para não te deixar na mão.

Higienização do ar-condicionado – Importante para sua saúde também, já que o ar-condicionado acumula fungos, bactérias e diversas outras impurezas ao longo do uso. A manutenção deve ser feita nos filtros, que acumulam sujeiras trazidas junto com o ar. O ideal é que a limpeza seja realizada nos meses mais frios do ano, para que o sistema esteja em boas condições na chegada do verão.

Correia dentada - A substituição preventiva desse elemento, segundo os fabricantes, deve ser efetuada (em média) a cada 50 mil km. Mas uma verificação em cada 15 mil km pode apontar trincas e desgastes indicando a necessidade de troca. O rompimento desta peça pode danificar gravemente o motor.

Velas e cabos - Alguns fabricantes indicam que as velas devem ser examinadas a cada 10 mil km e os cabos trocados a cada 50 mil km. Qualquer falha neste sistema pode ocasionar desgaste prematuro e comprometer a vida útil de outros componentes.

Embreagem - A principal verificação é quanto ao desgaste das peças. É preciso avisar se a embreagem está pesada, e se o carro está trepidando. A revisão checa, ainda, o nível do óleo da caixa de câmbio e se há vazamento entre a caixa e o motor. No caso das hidráulicas, também se verifica se há vazamento do líquido da caixa.

Sistema de Injeção - é feito o ajuste da regulagem e a busca por erros ou anomalias quanto aos parâmetros padrão.

Rolamento - checa-se a lubrificação e o ronco, para evitar fundição, o que inutilizaria a roda.


Sistema de Arrefecimento - A  cada 30 mil quilômetros é necessário executar uma limpeza no sistema. Radiador e reservatório de expansão são as peças que devem ser limpas. O fluido (água mais aditivo) é responsável pela refrigeração e o perfeito funcionamento do motor. O aditivo do radiador deve ser trocado também a cada 30 mil quilômetros.

Além de manter seu carro seguro, você aumentará a vida útil do seu veículo, e economizará em consertos desnecessários, que poderiam ser evitados.

Image 01

 

Agende seu serviço!



com as disponibilidades de agenda para marcar seu horário!